Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Tens a loucura que a manhã ainda te traz

Este blog resume-se, basicamente, aos meus devaneios mentais.

Tens a loucura que a manhã ainda te traz

Este blog resume-se, basicamente, aos meus devaneios mentais.

21
Jun12

E se inventado, o teu sorriso fôr?

Catarina Watson.

Cheguei à conclusão de que estamos os dois à espera. Eu espero que digas, tu esperas que eu entenda. Eu espero por ti, tu esperas que eu sinta a falta. Acabamos por perder-nos no entretanto. Eu vou soltanto palavras, cuidadosamente, para que camuflem qualquer denuncía de sentimento.

E tu, do cimo da tua ambiguidade, vais-me sussurando qualquer coisa que ainda não decifrei.

Qualquer coisa que me deixa alerta, expectante, ou ainda, desiludida.

Qualquer coisa que eu não entendo e que ao mesmo tempo que me irrita, me delicía.

Há quem lhe chame amor. Eu, eu não sei. Espero, mais uma vez, que me expliques.

 

Tumblr_lzviti7ljn1rpxlv0o1_500_large

2 comentários

Comentar post