Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Tens a loucura que a manhã ainda te traz

Este blog resume-se, basicamente, aos meus devaneios mentais.

Tens a loucura que a manhã ainda te traz

Este blog resume-se, basicamente, aos meus devaneios mentais.

13
Ago12

4 paredes despidas e uma vida por contar

Catarina Watson.

Mudanças: desde sempre que, na sua verdadeira acepção, fazem parte de toda uma vida.

Algo que começa tem de terminar, - assim o dita o ciclo da vida. Desde os Homens, até aos objectos, passando pelas relações, tudo tem um início e um fim, que surge quando é necessário (eu, pelo menos, prefiro pensar assim).

Se eu pudesse definir toda a minha vida numa só palavra, condensá-la-ía em "mudança"; não só por tudo aquilo em que qualquer comum mortal se transforma ao longo da sua vida, mas antes por tudo o que me aconteceu nos últimos anos. Essecialmente por tudo o que me aconteceu nestes últimos anos.

Claro está que cada um tem os seus problemas, encarando-os na medida das suas possibilidades, isso é inquestionável. O que é certo é que as adversidades de uma vida nos fazem mais fortes. São esses problemas, esses ematomas que vamos ganhando, que nos tornam mais resistentes, nos fazem criar uma espécie de esfera auto-imune.

Depois de todas as metamorfoses que sofri, estou prestes a iniciar mais uma. Com esperança e sede de determinação. Positivismo, acima de tudo. Porque, regra-geral, prefiro acreditar que mudar é bom; que tem de ser bom e servir para aprendermos alguma coisa. Mas estabilidade também faz falta, e, qualquer dia, canso-me definitivamente de mudar.

 

 

 

7 comentários

Comentar post