Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Tens a loucura que a manhã ainda te traz

Este blog resume-se, basicamente, aos meus devaneios mentais.

Tens a loucura que a manhã ainda te traz

Este blog resume-se, basicamente, aos meus devaneios mentais.

13
Dez12

Não sei de mim. Nem deles. De ninguém.

Catarina Watson.

Chamam-lhe dom, chamam-lhe "desperdício". Eu ouço. Ouço, mas não percebo. Não consigo. E então tento sair de mim e ver-me dos olhos deles. Mas não consigo.

Ah, quem me dera ser eles por um dia! Não ter a maldição - ou dom (?) como eles lhe chamam- de mostrar aos outros de uma forma, ou de outra, aquilo que não me flui por palavras.

Gostava de percebê-los. Esquecer-me de mim por um bocado. E, finalmente, perceber-me. No fim disto tudo acho que o problema é que não me encontrei ainda. E tenho medo de falhar, não aproveitar o que me é devido.

Desculpem. Não sei em concreto porquê, mas peço que me desculpem. Talvez por tudo. Este nada que é tudo. Sim, talvez seja isso. Talvez.

 

Tumblr_mdjfp7xxrg1r20geco1_500_large